Quais são os benefícios e riscos da proteína whey?

As pessoas comumente fazem uso do soro de leite como suplemento, a proteína whey, juntamente com exercícios de resistência, para ajudar a melhorar a síntese de proteína muscular e promover o crescimento da massa muscular magra.

Mas o que é e quais são os benefícios de usar proteína whey?

O leite é feito de duas proteínas, caseína e soro de leite. A proteína de soro de leite pode ser separada da caseína no leite ou formada como um subproduto da fabricação de queijo. A proteína do soro é considerada uma proteína completa, pois contém todos os 9 aminoácidos essenciais. Possui baixo teor de lactose.

Existem muitos benefícios associados ao consumo de proteínas do soro do leite, e os pesquisadores estão constantemente encontrando novas propriedades terapêuticas possíveis. A seguir, explicamos quais são os benefícios e analisamos alguns dos efeitos colaterais e riscos potenciais.

Características sobre a proteína do soro do leite

  • Muitos dos benefícios potenciais são baseados em estudos únicos e mais evidências são necessárias antes de se fazer um julgamento definitivo;
  • Whey protein ou proteína whey é uma mistura de beta-lactoglobulina, alfa lactalbumina, albumina de soro bovino e imunoglobulinas;
  • Possíveis benefícios incluem perda de peso e redução do colesterol;
  • Os possíveis efeitos colaterais incluem náusea e dores de cabeça. Mas em doses moderadas, a proteína whey não é considerada perigosa.

Benefícios da proteína whey

Veja, a seguir, alguns dos benefícios do whey protein para a sua saúde:

Ajuda a perder peso

Em um estudo de 158 pessoas, publicado na revista Nutrition & Metabolism, aqueles que receberam o soro “perderam significativamente mais gordura corporal e mostraram uma maior preservação de massa muscular magra em comparação aos indivíduos que consumiram a bebida controle”.

Propriedades anti-câncer

Resultados promissores foram publicados na revista Anticancer Research para o uso de concentrado protéico de soro no tratamento do câncer. Contudo, mais pesquisas são necessárias.

Baixa o colesterol

Um estudo, publicado no British Journal of Nutrition, forneceu suplementos de whey a 70 homens e mulheres com excesso de peso por 12 semanas e mediu vários parâmetros, como os níveis de lipídios e insulina. Eles descobriram que “houve uma diminuição significativa no colesterol total e colesterol LDL na semana 12 no grupo do soro comparado com a caseína (grupo)”.

Asma

Whey protein pode melhorar a resposta imunológica em crianças com asma. Um pequeno estudo envolvendo 11 crianças, publicado no International Journal of Food Science and Nutrition, descobriu que crianças com asma que foram suplementadas com 10 gramas de proteína de soro duas vezes por dia durante um mês, tiveram uma resposta imunológica muito melhor.

Pressão arterial e doença cardiovascular

Pesquisa publicada no International Dairy Journal descobriu que as bebidas que foram suplementadas com proteína whey reduziram significativamente a pressão arterial em pacientes com hipertensão; o risco de desenvolver doença cardíaca ou acidente vascular cerebral também foi menor.

Reduz a perda de peso em pessoas com HIV

Um estudo publicado na revista Clinical and Investigative Medicine descobriu que a proteína whey pode ajudar a reduzir a perda de peso entre pacientes HIV-positivos.

Riscos ou efeitos colaterais possíveis

Os perigos das proteínas do soro incluem dores de estômago e cãibras, quando consumidos em doses elevadas.

Algumas pessoas que são alérgicas ao leite podem ser especificamente alérgicas ao soro do leite. Em doses moderadas, a proteína whey normalmente não causa nenhum efeito adverso. No entanto, consumir doses muito altas pode causar:

  • dores de estômago;
  • cólicas;
  • apetite reduzido;
  • náusea;
  • dor de cabeça;
  • fadiga.

Altas doses consistentes de proteína de soro de leite também podem causar acne. Do ponto de vista nutricional, a proteína do soro é muito incomum e não tem um equivalente natural.

Algumas pessoas acreditam que há riscos em alimentos nutricionalmente refinados como esses, porque, apesar de conterem muitos nutrientes, o equilíbrio é fortemente direcionado para a proteína.

Gostou das informações? Compartilhe sua opinião conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *