Diferenças entre contabilidade financeira e contabilidade gerencial

Entendas as diferenças entre contabilidade financeira e gerencial para otimizar a gestão do seu negócio. 

A contabilidade é responsável por estudar as variações quantitativas e qualitativas que ocorreram no patrimônio de uma empresa, além de ter acesso à informações relevantes que ajudem a controlar as operações, fazer o planejamento estratégico e apoiar a tomada de decisão, ou seja, é um braço muito importante da gestão financeira. Todas as entradas e saídas do fluxo de caixa são registrados pela contabilidade por meio de relatórios. 

Esse é um setor que possui duas ramificações que são: a contabilidade gerencial e a contabilidade financeira. Para alguns estudiosos da área a contabilidade de gestão é uma extensão da financeira, já para outros cada uma possui características distintas. Levando em consideração que as duas utilizam informações contábeis em favor de públicos diferentes, preparamos este post para explicar as particularidades de cada uma. Continue lendo!

O que é contabilidade gerencial?

Também é conhecida como contabilidade de gestão e se refere ao tipo de contabilidade que serve aos gestores e administradores de uma empresa. Dentro da gestão financeira, ela é utilizada para que os gestores possam tomar decisões sobre as operações diárias do negócio. E como essa tomada de decisão pode ter que ser feita em um curto período de tempo e em um ambiente que muda com frequência, a contabilidade gerencial depende mais da previsão de mercado e tendências. 

Dentro desse tipo de contabilidade, podemos destacar o papel do controller como fundamental. Ele é o profissional que fornece informações aos líderes para que a empresa opere da forma mais eficaz possível. O responsável por essa controladoria deve:

  • Interpretar indicadores e elaborar relatórios;
  • Apresentar os pontos fortes e fracos do processo operacional e financeiro;
  • Analisar os cenários para direcionar o futuro da empresa.

A contabilidade gerencial pode ser feita de acordo com a necessidade da administração, ou seja, semanal, mensal ou trimestral e seu formato varia de empresa para empresa. 

O que é a contabilidade financeira?

Ela é externa, ou seja, disponibiliza informações para os agentes que estão fora da empresa. Portanto ela se resume a elaboração de demonstrações financeiras para terceiros, sejam eles credores, acionistas, investidores, fornecedores ou clientes. 

Como parte da gestão financeira das empresas, esse tipo de contabilidade é utilizada para apresentar o status da “saúde” financeira da empresa aos stakeholders externos. Um exemplo de audiência para os relatórios contábeis financeiros são os acionistas conselho de administração da empresa, instituições financeiras e outros investidores. 

Diferente da contabilidade gerencial, que é mais focada no futuro, a contabilidade financeira apresenta relatórios com um período de tempo específico no passado, permitindo que as pessoas interessadas vejam como a organização encontra-se atualmente. E por estar condicionada à apresentação externa, a contabilidade financeira deve cumprir requisitos fiscais e imposições legais.

Normalmente, as demonstrações são baseadas na contabilidade financeira e preparadas para um ano contábil, com o objetivo de fazer com que o usuário faça comparações sobre a 

posição financeira, rentabilidade e desempenho da empresa em um período de tempo específico. 

Apesar de possuir um foco maior na apresentação de dados para um público externo, esse tipo de contabilidade também dá respaldo à gestão financeira interna da empresa, contribuindo com informações que ajudam no planejamento e tomada de decisão. Ela se baseia nas análises dos seguintes pontos: 

  • Balanço Patrimonial
  • Demonstrativo de Resultados de Exercício
  • Demonstrativo de Fluxo de Caixa

O Balanço Patrimonial é fundamental para manter o controle de custos e para o acompanhamento do patrimônio da empresa. A partir dele é possível ter uma visão mais consolidada da evolução da empresa em um determinado período de tempo. Ele demonstra todos os ativos e passivos do negócio, assim como se o patrimônio está acumulado ou em ascensão ou declínio. 

Já o Demonstrativo de Resultados do Exercício, é onde há a síntese econômica das atividades operacionais e não operacionais da empresa em um determinado período de tempo, mostrando se há lucro ou prejuízo. 

E o Demonstrativo de Fluxo de Caixa apresenta as entradas e saídas de dinheiro que aconteceram em um período específico, seja no caixa, contas bancárias ou aplicações financeiras. Por meio dele é possível verificar o resultado causado na empresa por cada uma destas movimentações financeiras. 

E aí, conseguiu entender as diferenças e importâncias da contabilidade financeira e gerencial?! Nós esperamos que sim! Deixe nos comentários outras dúvidas que vocês tem sobre gestão financeira que nós vamos produzir ainda mais conteúdos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *