Experimente esses alimentos para aumentar seu libido

Experimente esses alimentos para aumentar seu libido

Dirija-se ao mercado o mais rápido possível!

De acordo com nutricionistas, o que um cara come pode ter um efeito enorme em sua vida sexual e fazer mudanças simples pode apimentá-la.

Charlie Turner e Lee Foster, fundadores da Nutrição Neat trazem sete alimentos mágicos que podem aumentar a sua libido.

chocolate aumenta libido

Chocolate escuro

Esta maravilha da natureza nunca deixa de nos surpreender.

O chocolate escuro aumenta os níveis de serotonina e dopamina no cérebro, fazendo-nos felizes e depois nos coloca no ‘humor’.

O chocolate também contém feniletilamina – um composto que nos foi mostrado produzir quando estamos apaixonados.

Dado que o baixo humor e o estresse podem estar fortemente relacionados ao menor desejo sexual, alguns quadrados de chocolate amargo diariamente são uma boa maneira de aumentar a paixão.

Nozes

Eles aumentam a libido e invertem a impotência nos homens. Amêndoas, castanhas, nozes e amendoim aumentam a produção de hormônios.

Alho

Este recebe uma má reputação como um spoiler de intimidade, mas contém altos níveis de alicina e aumenta o fluxo sanguíneo, o que pode ajudar os homens com disfunção erétil.

Brócolis e aipo

Esses salvadores verdes ajudam a remover o excesso de estrogênio, aumentando a testosterona. Aipo contém xtrasize, um hormônio inodoro liberado através da transpiração masculina que atua como um turn-on.

Peixe

Peixe, rico em vitamina B, é um fator importante no aumento da libido.

A vitamina B3 é responsável pelo metabolismo anaeróbico, que aumenta o fluxo sanguíneo para a genitália, e B6 regula a prolactina, que é responsável pelos níveis de prazer sexual nos homens.

Aveia

A aveia aumenta a quantidade de testosterona disponível na corrente sanguínea. Pesquisas no Instituto de Estudos Avançados sobre Sexualidade Humana de São Francisco descobriram que incluir aveia em sua dieta melhorou a libido masculina em apenas 8 semanas.

Whey Protein

Proteínas que mantêm o corpo funcionando também são boas para o amoro. A proteína ajuda a aumentar os níveis de testosterona, e o soro rico em proteínas pode ser vital para fabricar testosterona.

Ginkgo biloba funciona de verdade?

O que é a Ginkgo biloba?

Você já ouviu falar da Ginkgo biloba? Trata-se de uma erva fitoterápica com um vasto leque de aplicações em tratamentos e na medicina preventiva. Conhecida na Antiguidade pela medicina ancestral chinesa, a Ginkgo biloba é usada até hoje na terapia moderna, por conta de sua ação anti-inflamatória e antioxidante. Sua rica concentração de flavonoides e terpenoides contribui para o principal efeito benéfico da erva no corpo, isto é, a melhora do funcionamento do sistema circulatório. O uso da planta promove melhoras no fluxo de sangue arterial, cerebral e periférico, auxiliando melhorias na saúde ocular, mental e cardíaca.

A Ginkgo biloba logra promover essas mudanças vantajosas no corpo através de sua ação vasodilatadora e redutora da viscosidade do sangue, o que ocasiona um aumento do suprimento de sangue que vai para o cérebro. Além disso, a erva também ajuda na eliminação de radicais livre de oxigênio nos tecidos nervosos e na regulação dos níveis de óxido nítrico no corpo, beneficiando o metabolismo neuronal e contribuindo para o combate de doenças mentais como demência.

Os flavonoides têm ação no campo hormonal, inibindo a recaptação de serotonina e estimulando a recaptação de colina no hipocampo. Por esses e outros compostos e características farmacológicas que a Ginkgo biloba tem forte ação neuroprotetora.

 

Para que serve?

A Ginkgo biloba possui um conjunto de aplicações no combate de várias doenças e enfermidades. É muito usada, por exemplo, no combate de distúrbios no sistema nervoso central, como insuficiência cérebro-vascular, que provoca a manifestação funcional de um mais dos seguintes sintomas: tonturas, zumbidos, cefaleia, fadiga, memória deficitária, concentração e atenção comprometidas, e outros sintomas ocasionados por síndromes demenciais.

A erva também é usada no tratamento de distúrbios vasculares periféricos, como por exemplo insuficiência vascular no sistema periférico, causando sintomas como cãimbras noturnas e claudicação intermitente. Distúrbios neurosensoriais no equilíbrio também podem ser combatidos pela Ginkgo biloba, aplacando sintomas como vertigens, tonturas, zumbidos e isquemia retiniana. Outras enfermidades em cujo tratamento a erva pode ser usada são doença de Alzheimer, demência, asma e depressão.

Além de comprovado efeito no combate e tratamento da progressão das referidas doenças, a Ginkgo biloba também promove a saúde do corpo, de modo preventivo e profilático. Há estudos vinculando o uso da erva à melhora na saúde ocular, na regulação da pressão arterial e do ritmo cardíaco, e no rendimento das funções cerebrais como um todo.

 

Precauções e contraindicações

O uso da Ginkgo biloba deve ser feito segundo as orientações médicas e as diretrizes presentes na bula. Em geral, a Ginkgo biloba é consumida em seu extrato seco, sob o formato de comprimidos, que podem ter 80 mg ou 120 mg de concentração cada. A posologia varia de caso a caso, mas em geral deve ficar dentro da faixa de 26,4 a 64,8 mg de flavonoides e 6 a 16,8 mg de terpenoides. As doses geralmente são de um comprimido, de 2 a 3 vezes ao dia. Os comprimidos devem ser engolidos por inteiro, com água, sem abrir, mastigar ou partir.

Há algumas contraindicações para o uso de Ginkgo biloba. Pacientes com histórico de coagulopatia, hipersensibilidade, alergia ou intolerância a qualquer um dos componentes da fórmula do extrato e mulheres grávidas não devem tomar a erva, ou, se forem tomar, devem fazê-lo estritamente dentro das orientações e prescrições médicas.

Também há relatos de possíveis reações adversas do uso da Ginkgo biloba. A erva pode ocasionar, por exemplo, distúrbios gastrointestinais, cefaleia, reações alérgicas cutâneas (edemas, hiperemias e pruridos), enjoos, palpitações, hipotensão e alguns tipos de hemorragia.

Pacientes que fazem uso de outros remédios também devem tomar cuidado ao usarem a Ginkgo biloba. O tratamento com medicamentos anticoagulantes, antiplaquetários, anti-inflamatórios não esteroidais e agentes trombolíticos não deve ser combinado ao uso da erva, pelo fato da combinação aumentar expressivamente o risco de hemorragias. A mistura da Ginkgo biloba com anticonvulsivantes, insulina, omeprazol, trazodona, papaverina e outros também deve ser evitada.

 

Efeitos comprovados

Contudo, as vantagens e os benefícios trazidos pela Ginkgo biloba superam os riscos consideravelmente, configurando uma relação custo/benefício atraente. Entre os efeitos comprovados da Ginkgo biloba, já citamos a melhora da circulação do sangue no sistema circulatório, especialmente do sangue arterial, cerebral e periférico. Inúmeros estudos vinculam a ação da Ginkgo biloba à melhora das funções cognitivas e cerebrais como um todo, devido ao aumento do fluxo sanguíneo para o cérebro.

Por outro lado, há também pesquisas que comprovam que a Ginkgo biloba também atua como um estimulante sexual natural. Isso porque a melhora do fluxo sanguíneo engloba a região genital, com maior fornecimento de sangue para o pênis e para o clitóris, combatendo tanto a disfunção erétil quanto a frigidez feminina. Além disso, a erva também ajuda a controlar os níveis de testosterona do corpo, especialmente quando estão baixos, retornando a produção hormonal à regularidade e normalidade.

Por que a vida é melhor sem álcool

Há não muito tempo atrás, o álcool fazia parte da minha vida diária. Do escritório ao happy hour, do happy hour na casa de um amigo, deitar-se tarde, levantar-se cedo.

Quando chegava o fim de semana, estava o ritual da prévia. Os copetes que sempre me acompanhavam eram: a cerveja, champanhe, o vinho e, às vezes, o vodka. E junto a isso um lanche, porque a verdade é que os chilenos não acostumei muito a trabalhar para um jantar para desfrutar de um topete, mas que amamos, o topete com um pouco de comida, e isso no meu caso, me levava direto para a embriaguez.

Tarde muito tempo para me dar conta que o tomar doente não estava me levando a lugar nenhum. E, lentamente, comecei a deixar este hábito automático de “levantar o cotovelo”.

Mas esses costumes passou algum tempo, e a minha ingestão de álcool foi reduzido drasticamente, chegando a quase zero.

Você tem mais tempo para terminar o que te propões.

Se você está acostumada a abrir uma garrafa de vinho, depois de comer ou beber uma cerveja regularmente com amigos durante as tardes, é muito provável que a sua produtividade diminua em torno de 30 horas por semana. Todo esse tempo perdido poderia ser usado para fazer exercício, ler um livro, estudar ou desenvolver algum hobby. Um estilo de vida um poquitín bêbado equivale a tarde não produtivas (se beber, e ainda assim você é produtiva, é a exceção)

É mais fácil manter o peso que quiser!

Só uma garrafa de vinho tem 700 calorias, mais do que um hambúrguer de fast food. Além disso, quando você parar de tomar tiendes a fazer exercício, já que não tem cana durante os fins-de-semana. No meu caso prático bikram yoga.

Você pode até publicar um livro.

É verdade que Truman Capote ou Jack Kerouac escreveu quase todas as suas obras bebendo. Mas não conseguiram chegar à terceira idade para gozar de todas as suas realizações. O japonês Haruki Murakami não toca o álcool quando escreve e conseguiu escrever as obras-primas do século XXI, como “Kafka à Beira” ou “1Q84”.

Você descobre quem você é.

O álcool provoca um forte efeito sobre o seu corpo e mente, que torna impossível encontrar quem você é quando  está regularmente em estados alterados. Se você conseguir deixar o álcool é muito possível que você aprenda a se conhecer melhor e descifres que quer da vida, e se você é capaz de atingi-lo.

Você se sente bem sobre a sua vida.

Quando estas regularmente sóbria, suas escolhas são sempre vocês: isso significa não se levantar com cana arrependida do que fez na noite anterior, ou simplesmente se lembra de tudo o que aconteceu no carretel. E todos nós sabemos que isso não tem preço.

 

Saiba como viver sem álcool, através do Life Drink!

O Segredo Para Emagrecer Com Saúde

O Segredo Para Emagrecer Com Saúde

Se você está cansado de passar fome, se não quiser renunciar ao chocolate, se você não quer sobrecarregar o seu corpo de proteínas, siga os conselhos que lhe damos e verá como a balança te sorri. Basta adicionar em seu dia-a-dia dos pequenos segredos que compartilhamos contigo.

Quando e como?

Como eu já tinha dito antes, muitas vezes, não são os alimentos em si os que se engordam, mas a forma e o momento em que os comes. Por exemplo, os hidratos são recomendados pela manhã ou ao meio dia, se depois você vai fazer um esforço físico, mas não à noite, quando se acumularían durante o sono. Para o jantar são muito mais leves que as proteínas, acima de tudo, se você fizer exercício, já que são o alimento dos músculos. Também é importante combinar bem os alimentos: massa e proteínas sempre “casam” com legumes, mas não vão muito bem juntas, já que dão como resultado pratos muito calóricos e difíceis de digerir. A forma de cozinhar os alimentos também é fundamental: melhor frescos, ao vapor, no forno ou grelhado.

Seja o seu próprio chefe

Viva a moda de tupper e leve a comida até o escritório, assim você terá a segurança de saber o que se leva à boca. Fora de casa, e “menu”, é difícil que o óleo usado para fritar o azeite, que os alimentos são frescos ou que as gorduras são insaturadas. Além disso, é fácil cair na tentação de tomar molhos, pães e sobremesas doces. Compra e cozinha. Descubra o prazer de ir ao mercado e de descobrir alimentos não refinados nos supermercados biológicos. Cozinhar também pode ser um pouco uma atividade relaxante e, acima de tudo, você pode controlar as quantidades, os ingredientes e a preparação. Fora de casa. Se você não tem mais remédio que comer de restaurante, toma pratos cujos ingredientes sejam (peixe ou carne grelhada, por exemplo), foge de molhos e de sobremesa, beba uma infusão. Se você pode escolher, melhor comida kkkkkkkkkkk.

Cuide dos seus músculos

São os melhores aliados de seu metabolismo. Ter, na forma de sua massa muscular se constituirá queimar mais calorias em repouso, já que o músculo consome muita energia. Também é a melhor garantia para não sofrer o temido “efeito yo-yó” se você faz dieta e para manter o seu peso estável. Cardio + tonificação. Esta é a melhor combinação para perder peso, o exercício cardiovascular não é suficiente, por que não se mata a fazer spinning e entra mais nas aulas de body pump, yoga ou na sala de máquinas. Além disso, manter um bom tônus muscular é o que fará com que seu corpo se mantenha jovem e tenha um aspecto atlético, com todas as suas curvas em seu site, e sem flacidez. O mais interessante é que você pode saber como ganhar massa muscular nas pernas e Glúteos Rapidamente em poucos instantes.

Mexa-se mais

Você já sabe que o exercício físico é um grande aliado para manter o peso e não ter que fazer dieta. Mas o esporte não se faz só na sala de fitness ou na pista de padel. Se você adicionar atividade em seu dia-a-dia, sobretudo em certos momentos, não deixará de consumir calorias. Gestos ativos. Deixar o carro e ir a pé ou de metrô para o trabalho (é um magnífico ginásio), subir as escadas em vez de usar o elevador (se subiu os degraus de dois em dois tonificarás suas nádegas), dar um passeio, depois de comer, instalar uma máquina elíptica em casa, aderir a moda do bicing, jogar com seus pequenos, fazer amor… tudo soma da actividade física e da subtração calorias no final do dia.

Toma como uma rainha

Os nutricionistas não deixam de insistir na importância da primeira refeição do dia, que é a que inicia o metabolismo, o que te dá energia e que te ajuda a regular o apetite até a comida. De tudo. O pequeno-almoço deve conter carboidratos saudáveis (pão, cereais ou biscoitos integrais e melhor biológicos, sem açúcares ou gorduras adicionados); suco natural ou fruta fresca (melhor no começo para fazer melhor a digestão); um leite com sabor ou vegetal (se você tem intolerância à lactose ou quiser reduzir ainda mais as calorias), café ou chá verde (sua primeira dose de antioxidantes); proteínas saudáveis (presunto ibérico, peru, ovo) para tirar a fome; alguma gordura saudável (use azeite de oliva virgem!) e algo doce, se você gosta muito (é o melhor momento para levá-lo, tem o dia todo para queimá-lo), como geléia sem adição de açúcar.

As 10 melhores dicas para perder peso depois dos 40

As 10 melhores dicas para perder peso depois dos 40

Não deixe que o seu sonho de ter um corpo sarado e saudável desapareça apenas porque você está envelhecendo. Algumas mudanças em sua rotina podem ajudar a reduzir os quilos extras em muito pouco tempo. Aos 20 anos, ir ao ginásio várias vezes por semana e comer legumes, ocasionalmente, era o suficiente para manter esses abdominais cincelados; aos 30, a definição muscular era difícil de conseguir, mas não é algo impossível e os 40 anos, pedir sobremesa quando você sai para jantar fora se transforma em uma bomba relógio, porque te estás a meter em um território pantanoso.

Infelizmente, à medida que os anos passam, o metabolismo tende a tirar umas férias, parar e fazer com que pareça que engordar e ter uma barriga inchada é algo inevitável. Uma pesquisa publicada no “Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism’ sugere que os nossos níveis de testosterona tendem a diminuir à medida que nos aproximamos da maturidade e revela que fornecer suplementos de testosterona em um período de três meses, elevou a taxa metabólica basal em 13%.

Além disso, há muitas maneiras de combater esses alterações hormonais que, muitas vezes, acompanham a idade média. Siga estas dicas se você quer perder peso depois dos 40 fará com que você entre em forma rapidamente. Quando estiver pronto para transformar seu corpo numa máquina de queimar gordura, revolucionarás o metabolismo e recuperará a definição muscular que tinhas perdido há muito tempo.

Madruga mais
“A quem madruga, Deus ajuda”, diz o ditado. Pois, a partir dos quarenta, parece que é mais real (e tem saído um emparelhamento). Uma pesquisa realizada na Universidade Northwestern, descobriu que tomar um pouco de sol pela manhã cedo, se relacionou com um índice de massa corporal significativamente menor em comparação com as pessoas que tomaram o sol horas mais tarde. Além disso, fazer algum exercício, à primeira hora também pode ajudar a normalizar os ritmos circadianos, facilitando descanso suficiente estimulador do metabolismo.

Começar a manhã com algumas claras de ovos (proteínas) pode ajudá-lo a livrar-se dos destroços antes que você se dê conta

A pesquisa também sugeriu que os madrugadores tendem a ser mais otimistas e têm menos estresse do que os que fazem a vida noturna, o que pode reduzir seus níveis de cortisol, o hormônio do estresse, que pode provocar o armazenamento de gordura na barriga.

 

Muito bom maçã

Tomar uma dessas frutas por dia mantém à distância o aumento de peso. Uma de tamanho médio contém quatro gramas de fibra solúvel, que representa mais de 13% da dose diária recomendada e pode ser uma solução comestível eficaz para evitar as dores que de outro modo se manteriam marginalizado. Sua casca está carregada de pectina, um tipo de fibra que, segundo várias pesquisas, é eficaz para aumentar as bactérias saudáveis no intestino, incluindo lactobacilos e bifidobactérias, encarregados de acelerar o metabolismo.

As maçãs vermelhas também estão repletas de quercetina, um composto que pode ajudar a reduzir a dor articular relacionada com a artrite, e o resveratrol, bom para combater a gordura abdominal.

 

Come devagar

Assim o confirma um novo estudo da Universidade de Hiroshima, no Japão, que depois de analisar mais de 1.000 pessoas de meia idade e descobriu que aqueles que comiam rapidamente tinham 5,5 a mais de chances de desenvolver síndrome metabólica (SM) que aqueles que o faziam devagar. O doutor Era Yamaji, autor do estudo, afirmou que “comer mais devagar pode ser uma mudança de estilo de vida, fundamental para ajudar a prevenir esta síndrome”.

A investigação revela que comer devagar, não só aumenta a saciedade, mas pode também ajudar a regular a resposta hormonal no intestino, facilitando o controle dos desejos e fazendo com que o seu peso se mantenha.

 

Faça musculação

A maneira mais fácil de perder peso a partir dos quarenta é fazer exercícios com peso. Pesquisadores da Escola de Saúde Pública de Harvard descobriram que apenas a 20 minutos realizando este tipo de atividade esportiva para o dia reduziam o risco de gordura abdominal dos homens à medida que os anos passavam, enquanto que realizar a mesma quantidade de cardio não tinha esse benefício. Enquanto trabalha para aperfeiçoar a parte superior, você vai perceber que você está exercitando seus músculos abdominais, uma vez que seus ombros.

 

Toma caldo com os ossos

Coloque-o no seu menu e vai estar a caminho de ter um corpo mais magro e em pouco tempo. O caldo de ossos é uma boa fonte de glucosamina, que pode ajudar a atacar a inflamação que está fazendo com que os quilos da balança subir ano após ano. De fato, uma pesquisa publicada no ‘PLoS One’, descobriu que os adultos de meia-idade que querem emagrecer e que adicionaram suplementos deste nutriente à sua rotina reduziram em quase uma quarta parte dos biomarcadores da inflamação em seu sistema. Além disso, também é cheio de aminoácidos que podem ajudar a reparar o revestimento de seu trato digestivo, reduzindo ainda mais o congestionamento e promovendo o crescimento de bactérias intestinais saudáveis, que podem aumentar a sua taxa metabólica.

 

Come sementes

As sementes desta fruta ajudam a proteger a derme e a epiderme, através da regeneração das células da pele, por isso são indicadas para tratar queimaduras solares e até mesmo para acelerar o ritmo de cura de uma ferida. São muito nutritivas, pelo que o seu consumo diário também retarda o envelhecimento, protegendo contra as rugas, as manchas causadas pelo sol ou os efeitos nocivos dos raios uva.

Além disso, podem fazer você se sentir mais leve em pouco tempo. Um estudo realizado na Universidade de Nápoles Federico II, descobriu que os ratos alimentados com uma dieta alta em gordura, juntamente com suplementos de óleo de semente de romã perderam mais peso e gordura corporal, enquanto que, o aumento da sensibilidade à insulina em 70% em comparação com um grupo controle. As investigações também sugerem que a romã é rica em antioxidantes e pode ajudar a reduzir o colesterol LDL, diminuir a pressão, e aumentar o fluxo sanguíneo e reduzir o risco de disfunção erétil.

 

Come ovos

Começar a manhã com algumas claras de ovos (proteínas) pode ajudá-lo a livrar-se dos destroços antes que você se dê conta. Um estudo publicado no “International Journal of Obesity’ revelou que os participantes de meia-idade que começaram o dia com este menu adelgazaron mais do que os que começaram com um pequeno-almoço calórico e rico em hidratos de carbono. Se você está preocupado que seu colesterol aumente, não faças isso; embora a pesquisa sugere que a maioria das pessoas pode consumir de forma segura, três ovos por dia, sem afetar negativamente o seu colesterol.

Biotipo e suas características: Mesomorfo

Biotipo e suas características: Mesomorfo

Mesomorfo define como “um tipo físico”. Existem vários tipos de morfologia humana em base a um somatotipo concreto.

E o que é o somatotipo?

Pois é, o temperamento e a genética das pessoas, que determinam a forma de seu corpo. Continue lendo e você saberá o somatotipo mesomorfo, próprio dos atletas.

Quais são os tipos de corpos humanos?

O somatotipo é um conceito que desenvolveu o psicólogo William Sheldon. Definiu três tipos extremos de corpos e temperamentos: o somatotipo endomorph, mesomorfo e ectomorfo.

Neste artigo vemos o somatotipo mesomorfo.

Como é um tipo mesomorfo? O mesomorfo puro é o atleta, vejamos como são:

queimadores de gordura naturais

Os mesomorfos tendem a ter mais massa muscular, tendem a ser magros e atléticos. Tem a facilidade de desenvolver massa muscular e perder gordura mais rapidamente do que qualquer um dos outros somatotipos (os endomorphs e ectomorphs).
Mesomorphs têm grandes ossos e músculos muito definidos. Costumam apresentar uma cintura estreita, e um tronco em forma de V, em geral, têm uma figura em forma de cone.
Uma psique alta na mesomorfia apresenta um tipo com uma morfologia de ombros largos sobrepostos e umas ancas estreitas. Geralmente possuem corpos musculosos, com ossos longos e são capazes de construir o tecido muscular com facilidade.

Resumo: As características mais acentuadas de um mesomorfo são:

Um corpo em forma de cunha: largos ombros estreitos de quadril.
Uma cabeça cúbica
Braços e pernas musculosos
Pouca quantidade de gordura no corpo
Um indivíduo mesomórfico destaca-se pela sua força, agilidade e velocidade. Sua estrutura e altura média, que juntamente com sua tendência a ganhar massa muscular e força com facilidade, o torna um forte candidato para ser um atleta de alto desempenho em qualquer esporte.

Muitos fisiculturistas profissionais são mesomorfos.

 

Desafios de um mesomorfo

Desde que nascem mesomorphs podem comer praticamente tudo o que lhes apetece sem engordar ou perder massa muscular. Mas à medida que avança o tempo, isso pode se tornar uma maldição. Pois é mais fácil do que acúmulo de gordura corporal.

A dieta ideal para um mesomorfo que apanhou peso é uma dieta alta em proteínas e com baixo consumo de hidratos de carbono e gorduras moderado.

 

Dieta para um mesomorfo

O mesomorfo pode ganhar e perder peso com pouca dificuldade. Mesomorphs não têm que se preocupar muito por fazer dieta, já que são capazes de manter o seu tipo físico em muito bom estado, sempre e quando se siga uma dieta saudável, não necessariamente de baixa caloria.

Mas podem acumular gordura, eles acham que é muito fácil se desfazer dele, ao contrário dos endomorphs.

Como já disse muitas vezes, a nutrição desempenha um papel muito importante na eliminação da gordura corporal e no aumento de massa muscular.

Mesomorphs vão precisar de cerca de um grama de proteína para cada quilo de peso corporal. Pode ser que ainda precisam de um pouco mais que isso. Já sabemos que os músculos precisam de proteína para criar e manter-se. Você pode ler sobre este assunto em: Nutrição esportiva.

As gorduras podem ser reduzidos ao mínimo, ao selecionar fontes de proteína magra, como peixe e frango. Se incluirmos algo de gordura, esta deverá proceder da carne vermelha, não adicionar mais.

 

Exercício físico para mesomorfos

O melhor exercício é o cardiovascular para manter-se e o fisiculturismo se quer desenvolver musculatura.

O exercício de exercícios aeróbicos (bicicleta ou esteira) é um bom exercício para os mesomorfos, com um pouco mais de meia hora, três vezes por semana deve ser suficiente.

O tipo mesomorfo responde muito bem ao treinamento cardiovascular e de resistência, já que pode manter baixos os níveis de gordura corporal. É ideal fazê-lo pelo menos 3 vezes por semana.