Rastreador veicular: conheça as vantagens de ter um rastreador veicular

Rastreador veicular: conheça as vantagens de ter um rastreador veicular

Um rastreador veicular é uma peça fundamental nos dias de hoje. Ao trabalhar com o monitoramento de seu veículo, você terá a certeza de que tudo está bem. O sistema usa a tecnologia GPS, ou seja, você localiza a qualquer momento onde está o veículo por meio de sinais emitidos via satélite.

Antigamente os rastreadores eram utilizados somente para o caso de navios e para caminhões com cargas valiosas. Entretanto, hoje isso já mudou e o acesso a esta tecnologia tornou-se mais democratizado. Agora, até mesmo você pode ter um rastreador e garantir a segurança de seus veículos. Um rastreador veicular não é um gasto desnecessário. Muito pelo contrário, é essencial por questões de segurança.

Você poderá acompanhar até mesmo de seu celular onde estão os veículos. Basta que acesse o site da provedora de seu rastreador veicular. Isso garante que sempre poderá saber se algo aconteceu. A depender do sistema do rastreador veicular, ainda poderá ter acesso à outras funções, até mesmo como o cálculo de tempo que um veículo pode demorar para chegar a um destino.

Mas esse rastreador veicular não é fundamental apenas para quem possui uma frota de veículos comerciais. Ele pode ser muito útil para o uso doméstico. Com ele você poderá saber onde estão os carros de seus filhos, por exemplo. E, até mesmo em caso de roubos, você poderá acionar a polícia e transmitir os dados para que seu veículo seja recuperado.

Sendo assim, não deixe de conhecer um rastreador de veículos. Ele irá garantir mais segurança para o seu empreendimento e para sua família. Não se preocupe mais se algo chegará ou não ou, até mesmo se aconteceu algo com um ente querido. Basta ter um rastreador veicular para que fique mais tranquilo e acompanhe a todos com segurança.

Abrir conta corrente Online: 3 Formas de abrir conta corrente online

Abrir conta corrente Online: 3 Formas de abrir conta corrente online

Sabia que é possível abrir conta corrente online?

 

Esse tipo de serviço era exclusivo de bancos digitais, mas com o tempo e percebendo que estavam perdendo muitos clientes, os bancos convencionais também começaram a aceitar esse tipo de abertura de conta.

 

Por ser online, a análise do pedido de abertura costuma ser mais rápido, não demorando o tempo que um pedido feito de forma presencial pode levar.

 

Neste texto você vai descobrir 3 formas de abrir conta corrente online. Confira!

1.  Conta corrente online: abertura pelos sites

Talvez a forma mais conhecida quando falamos de abertura de conta corrente online é diretamente pelo site dos bancos.

 

Para solicitar esse tipo de abertura, o cliente deve visitar o site oficial do banco de sua preferência, encontrar o menu de abertura de contas e enviar sua proposta.

 

Nessa proposta, são informados dados pessoais, dados financeiros e mais algumas informações pertinentes para o processo.

 

Em pouco tempo, o cliente recebe em seu email a resposta da proposta, aprovando ou não o pedido de abertura de conta corrente online.

2.  Conta corrente online: abertura pelos aplicativos

Com o crescente uso dos smartphones, hoje já é possível abrir conta corrente online através dos aplicativos dos bancos.

 

Semelhante ao site, os aplicativos também exigirão informações pessoais e dados financeiros do interessado na abertura da conta corrente online.

 

Por ser mais prático, esse tipo de pedido de abertura aumenta cada vez mais no Brasil.

3.  Conta corrente online: abertura pelas redes sociais

As redes sociais estão presentes na maioria do dia dos brasileiros. Por conta disto, há alguns bancos que oferecem atendimento para abrir conta corrente online por esse canal.

 

A proposta é solicitada através do chat e os documentos são enviados por email ou pela própria rede social.

 

Você sabia destes tipos de abertura de conta corrente online?

 

Plano de saúde para idosos: veja as melhores opções

Plano de saúde para idosos: veja as melhores opções

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) a média de vida do brasileiro era de 45,5 anos na década de 40. De lá para 2016, o número subiu para 75,8 (homens) e 79,4 (para mulheres).

Esse número é graças aos avanços da ciência, porém para ter acesso a uma boa qualidade de atendimento no setor de medicina, muitas pessoas aderem a um plano de saúde para idosos. É uma forma de garantir segurança àqueles que alcançaram a terceira idade e, também, aos seus familiares.

Entretanto, com tantos planos de saúde para idosos no mercado, quais as melhores opções para você ou para seu familiar? Continue em nosso artigo e fique por dentro sobre o que optar na hora de escolher um serviço de saúde para quem está na terceira idade.

Melhores opções de planos de saúde para idosos

Quem tem mais de 60 anos precisa pensar em um plano de saúde que se ajuste às suas necessidades, afinal, pessoas idosas têm mais predisposição a doenças e, por isso, requerem mais cuidados.

Veja abaixo as opções de plano de saúde para idosos que podem tornar o serviço ainda melhor:

Cobertura para doenças comuns nessa faixa etária

Um plano de saúde para idosos precisa contemplar coberturas que envolvam as doenças mais comuns na idade avançada, além de cirurgias e equipamentos, como o stent.

Rede credenciada próxima da residência

Não adianta pagar um bom preço e obter ótimas coberturas se, por acaso, você precisar de um médico urgente e ter que se deslocar por quilômetros até uma clínica ou hospital.

Alguns minutos podem ser cruciais, portanto, uma das melhores opções de plano de saúde para idosos também inclui uma rede credenciada próxima de sua casa.

Acesso à medicina preventiva

Alguns planos de saúde voltados para idosos não só tratam a doença como também ajudam a prevenir. Por essa razão, é melhor optar por planos que ofereçam programas de medicina preventiva, visando qualidade de vida e menor índice de doenças para seus clientes.

Com essas informações sobre planos de saúde para idosos, fica mais fácil saber quais as melhores opções do mercado. Lembre-se que a saúde após os 60 anos precisa de cuidados especiais, por isso, é necessário um plano específico para a terceira idade.